Artigos

Um mundo sem volta


A internet surgiu em plena guerra fria, na década de 1960, como estratégia de comunicação entre as nações consideradas as grandes potências da época, porém o mais otimista dos seus idealizadores talvez não imaginou a proporção que esse novo meio de comunicação iria tomar. No entanto, foi por interesses comerciais que nos anos 90 a internet teve seu “boom” de crescimento e de lá pra cá a adesão a esse novo e interessante meio de comunição se tornou praticamente incontrolável e por muitos considerados um “mundo sem volta”. … Continuar lendo

Roubo de senhas eletrônicas


A tecnologia, definitivamente, otimizou o nosso tão concorrido tempo e serviços essenciais se tornaram acessíveis e resolvíveis com apenas alguns cliques ou toques na telinha dos mobiles, notebooks, desktops e afins. Logicamente que diante de tanta evolução tecnológica, a cooperatividade entre os sistemas seriam comercialmente necessárias para o nosso cotidiano.
Sistemas cooperativos, integrados, online e oferecendo alta mobilidade …continuar lendo

Comportamento em mídias sociais


Quando se falava em comportamento em mídias sociais, os meios de comunicação citados eram o rádio, jornal escrito e a televisão, e não deixou de ser assim, porém entrou nessa lista um quarto elemento, a internet.
Segundo pesquisa realizada pelo site http://www.desenvolvimentoparaweb.com, disponível em http://desenvolvimentoparaweb.com/midia-social/estatisticas-sobre-comportamento-nas-midias-sociais/ em 14/08/2010 as 5 atividades que mais cresceram de 2006 para 2009, envolvendo mídias sociais foram :… Continuar lendo

Deus e a tecnologia


Uma vez alguém me perguntou :
– Será que Deus entende de tecnologia ?
Minha primeira resposta foi :
– Deus sabe de todas as coisas, “ Sabe o meu deitar e o meu levantar, de longe entende os meus pensamentos.” Salmos 139:2. Portanto tudo o que o homem inventou, Deus já sabia o que ele ia fazer e se seria bom ou ruim.
Porém parando para estudar e refletir melhor sobre o assunto, descobri que … continuar lendo

A privacidade na era digital


A questão da privacidade sempre foi muito debatida, mas com a grande difusão dos dispositivos tecnológicos que tomam conta do nosso habitat natural, esse debate tomou outra dimensão e também uma outra direção. Hoje não podemos ter a plena certeza que os nossos passos não estão sendo monitorados, pois quando menos esperamos eis que ela está logo ali, a tal da câmera, cumprindo com muita eficiência o seu papel, vigiando alguma coisa para alguém… Continuar lendo

Dicas de segurança em redes sem fio


Para ter mais segurança em sua rede sem fio é necessário tomar algumas precauções :
Mude a senha de acesso à configuração do equipamento e coloque uma senha de difícil adivinhação, de preferência acima de 7 dígitos e alternando letras maiúsculas, minúsculas e se possível caracteres especiais, isso irá dificultar a ação de programas como o brutal force.
Use criptografia WPA2 ou superior e com senha de difícil adivinhação, alternando … continuar lendo

Internet, a era da defensabilidade


As grandes metrópoles estão vivendo dias cibernéticos e a utilização cada vez mais frenética dos recursos tecnológicos aumentam proporcionalmente todas as ameaças inerentes ao meio.
Conceitos de segurança da informação: A ameaça é inerente ao meio externo, ela existe independentemente da sua vontade e quando ela encontra uma vulnerabilidade que possa atacar, logo gera um risco, portanto ameça x vulnerabilidade formam o risco … Continuar lendo

Computação nas nuvens, informação nas nuvens


A tecnologia tem evoluído para o caminho da mobilidade, os dispositivos móveis tomou conta da nossa usabilidade e necessidade diária, basta ver como as redes sem fio evoluíram em termos de conectividade, estabilidade e segurança e os equipamentos que dão suporte à toda essa mobilidade nem se fala, são cada vez mais compactos, modernos e poderosos.
As transações online se multiplicaram e estão cada vez mais diversificadas …continuar lendo

Adolescentes na internet


Muitas brincadeiras de adolescentes na internet que são julgadas pelos mesmos como “brincadeiras inocentes”, podem ser crimes passíveis de punição.
O adolescente, quase sempre, percebe que o que está fazendo é errado, porém não há uma noção real sobre a ética que envolve a utilização dos sistemas online e tão pouco sobre as leis que regem sobre os mesmos. Essas questões acabam tornando os seus atos inconsequentes … Continuar lendo

Anúncios